Natal, a noiva do Sol e do Mar

Natal, a capital do Rio Grande do Norte.

Natal, a capital Potiguar chega aos 421 anos. Tudo começou em 1530 quando o Rei de Portugal Dom João III, dividiu o Brasil em lotes. A primeira expedição portuguesa teve como objetivo de colonizar as terras. Foi um fracasso, os índios potiguares impediram.

Blog VáConferir

O historiador Câmara Cascudo certa vez disse: “Natal, a noiva do Sol” – esse coração no nome, diz tudo.

A Expedição:

Só em 25 de dezembro de 1597, uma nova expedição portuguesa, desta vez comandada por Mascarenhas Homem e Jerônimo de Albuquerque, chegou para expulsar os franceses e reconquistar a capitania.

O Forte dos Reis Magos:

Para defender suas terras, contra os ataques dos franceses, os portugueses começaram a construir o forte, hoje chamado de Forte dos Reis Magos, por ter sido iniciada no Dia dos Santos Reis.

Cidade de Natal:

Natal foi fundada no dia 25 de dezembro de 1599 às margens do Rio Potengi com o nome de Cidade dos Reis, em homenagem a construção da Fortaleza dos Reis Magos.

Árvore de Natal na cidade de Natal, também, conhecida como a Árvore de Mirassol por ficar localizada na principal praça do bairro do mesmo nome. É aqui, que todos os anos no mês de Dezembro, a Prefeitura Municipal monta essa gigantesca árvore natalina.

Natal e seus encantos:

Famosa pelas suas lindas praias e sol quase que permanente o ano todo, Natal é aquele destino que parece verão o ano todo. Cercada por belezas naturais e considerada o Ar mais puro das Américas, ela está localizada na esquina do Brasil, de um lado o Mar com o Parque das Dunas fazendo parte do cenário urbano e do outro lado, o Rio Potengi com as pontes Newton Navarro e a antiga ponte de Igapó fazendo a ligação com a região Norte do Estado.

Praias paradisíacas, dunas, lagoas e coqueiros, belezas conhecidas no mundo todo e apreciadas pelos turistas e visitantes, tanto estrangeiros como brasileiros.

Praia de Ponto Negra com o Morro do Careca, a praia mais famosa da cidade e que concentra uma grande rede hoteleira, (Reserve já seu hotel em Ponta Negra) restaurantes para todos os gostos e bolsos e uma infinidade de lojas de artesanato espalhado por toda a extensão da praia e do bairro que tem o mesmo nome.

Alguns encantos:

Barreia do Inferno, localizado na saída de Natal com destino ao litoral sul do estado, próximo a Praia de Cotovelo, a Barreira do Inferno foi o primeiro centro de lançamento de foguetes espaciais da América do Sul.

O maior Cajueiro do Mundo (Guines Book – livros dos recordes) localizado na Praia de Pirangi, devido a uma anomalia genética, cresceu mais do que o normal e hoje, ocupa uma área de 8,5 mil metros quadrados.

Parque das Dunas, com uma área de 1.170 hectares de Mata Atlântica; é aqui que fazemos nossas caminhadas!

Estádio Arena das Dunas, um dos mais bonitos do Brasil. Construído para a copa de 2014.

Duna de Genipabu, localizada no litoral norte de Natal, dunas de praias famosas pelos passeios de buggy que pode ser com emoção ou sem emoção.

Ponte Newton Navarro que faz a ligação de Natal com os bairros da Zona Norte e praias.

Praia do Meio, a mais próxima da região central da cidade.

Praia de Areia Preta, conhecida como praia dos artistas, também localizada na região central de Natal.

Casa onde foi moradia do historiador e folclorista Luís da Câmara Cascudo e sua família. Hoje, abriga Museu e Instituto LUDOVICUS com um impressionante acervo intelectual e cultural.

As mais belas lagoas você encontra nos arredores de Natal. Na foto, estamos na Lagoa de Pitangui, no litoral Norte de Natal.

Curiosidade:

Para homenagear a cidade de Natal, fui buscar nossas raízes nas palavras do historiador e folclorista Luís da Câmara Cascudo quando ele diz que o povo potiguar já nasceu imbuído da própria culinária, “Comedores de camarão” descendentes dos tupis e nossa alcunha de papa-jerimum!

A cidade de Natal, também, foi chamada por Câmara Cascudo de: A NOIVA DO SOL!

Como disse Câmara Cascudo, os potiguares são realmente comedores de camarão. Aqui, estamos num dos melhores restaurantes dessa iguaria – Camarões Potiguar, esse é o nosso favorito.

Chegando em qualquer de suas praias, uma água de coco é indispensável para a saúde e já faz parte da cultura praiana no litoral nordestino.

Onde ficar em Natal.

Reserve sua viagem de sonhos, pelo nosso parceiro – Booking.com. é rápido, seguro e o melhor preço garantido e você ainda tem direito a cancelamento grátis para a maioria dos quartos.

Onde comer em Natal.

Um dos melhores atrativos da cidade de Natal é a sua gastronomia. São diversos restaurante bacanas para conhecer e com uma diversificação de pratos tão variados, que fica até difícil de escolher onde comer. Como o Rio Grande do Norte é um dos maiores produtores de camarão da América do Sul, um dos pratos mais procurado pelos turistas não podia deixar de ser – o camarão.

Outros pratos típicos e famosos não podemos deixar de citar, a carne de sol com manteiga da terra, a paçoca de carne de sol, feijão verde, arroz de leite, ginga com tapioca na praia da Redinha e, sem falar nos tradicionais pratos de peixes e frutos do mar que são servidos em quase todos os restaurantes da cidade.

Confira também:

Praia de Pipa entre as mais badalada do nordeste.

Tibau, é um amor de praia – confira!

Santuário do Lima na serra de Patu.

Santuário de Santa Rita na cidade de Santa Cruz.

Siga a gente:

Postamos nossas viagens para ajudar a outras pessoas a viajarem também.

“Realizar sonhos é o nosso principal objetivo”

Viaje na Melhor Idade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.