Triunfo: Museu do Cangaço no sertão de Pernambuco

O Museu:

O Museu do Cangaço na cidade de Triunfo, sertão de Pernambuco, é um dos mais antigos do Nordeste. Foi fundado no ano de 1975 e hoje, guarda um valioso acervo da história do cangaço no Nordeste do Brasil.

Foto tirada na frente do prédio do Museu localizado na Praça Monsenhor Eliseu bem no centro da cidade.

Dentro do museu:

Na entrada, uma pequena surpresa foi quando a recepcionista disse que o ingresso custava 8 reais (apenas oito) para o casal e nosso guia não precisava pagar. Certificado que éramos idosos, pagamos só a metade, 4 reais. Gente, é muito barato para entrar e conhecer esse belíssimo acervo, ver e vivenciar um pouco sobre a história do cangaço no sertão nordestino.

Certidão de Nascimento e Batismo de Lampião.

Com mais de 500 peças, punhais, armas de todas as espécies existentes na época, roupas, fotografias e entre elas do próprio Lampião, quase todas adquiridas por doações e outras compradas nos lugares em que Lampião e seu bando costumavam frequentar e até, habitar em determinados períodos. Ele era muito temido, mas foi em Mossoró que ele correu e nunca mais teve coragem de voltar.

Certidão de nascimento e de Batismo de Lampião guardo e ainda bem conservada.

Algumas fotos do acervo:

Armário com diversos pequenos pertences utilizados por Lampião e seu bando no período do cangaço.

Algumas roupas usadas na época e pequenos santuários, ainda estão guardadas e bem conservados.

Imagens de objetos preciosos que foram adquiridos e estão todos muito bem guardadas e conservadas.

Numa das salas, encontramos um engenho de moer cana-de-açúcar para fazer rapaduras e mel.

Um excelente acervo religioso com peças doadas por pessoas da época do cangaço…

Diante dos relatos que ouvimos, a maioria das armas expostas no museu do cangaço, foram doadas pelas comunidades da região e dos lugares por onde Lampião e seu bando passou e deixou sua marca registrada naquela época, “Lampião passou aqui”.

Algumas armas usadas pelo bando de Lampião:

Essa exposição, mostra alguns dos tipos de armas que Lampião e seus Cangaceiros usavam na época.

Blog VaConferir

O acervo total são mais de 500 peças e a maioria são de Armas conforme exposição.

VaConferir

São muitas armas em exposição, em sua maioria doadas e uma parte comprada pelo sertão, nos lugares frequentados e habitados por Lampião e seus cangaceiros.

Mulheres Marcadas:

Além dos relatos assustadores que ouvimos, os que mais evidenciou tristeza, foi ao ver fotos de mulheres com o rosto marcado com ferradura (ferro quente) sinalizando que aquela era propriedade particular.

Na sala das fotografias e documentos, a gente encontra fotos de mulheres com marcas de ferro quente no corpo como marca de propriedade.

VaConferir

Era uma barbárie esse brutal sistema criminoso da época do cangaço no Brasil, principalmente, no Nordeste.

Cultura:

O Museu do Cangaço é bastante frequentado por estudantes, pesquisadores, turistas, historiadores e até fãs de Lampião de todo o Brasil e parte do exterior.

Horário de funcionamento e endereço:

  • No período em que estivemos aqui, os horários estavam assim:
  • Seu funcionamento é de Segunda à Sábado, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, nos Domingos, abre às 8 e fecha às 12 horas.
  • Endereço: Praça Monsenhor Elizeu, s/n – Centro.

Ingresso para ter acesso ao museu:

  • Não sei hoje, nesse dia pagamos uma taxa simbólica de 4 reais já com desconto para o casal com mais de 60 anos.

Como chegar:

  • Saindo de Recife pela BR 232 até a cidade de Serra Talhada, são aproximadamente 450 km e depois, mais 30 km pela rodovia estadual PE 365 até a cidade de Triunfo.
  • De João Pessoa pela BR 230 até Campina Grande, seguindo pela BR 412 até Triunfo são aproximadamente 450 Km.
  • Já de Campina Grande pela BR 412 são aproximadamente, 310 Km.
  • E de Maceió pela BR 104 e BR 232, são aproximadamente 410 Km.

Onde ficar:

Triunfo é uma cidade serrana, de pequeno porte, com aproximadamente 20 mil habitantes, clima agradável e com uma belíssima infraestrutura de hospedagem, são mais de DEZ entre Hotéis e Pousadas. Nós ficamos hospedados no Hotel do SESC, uma excelente indicação que obtivemos de seus habitantes ao entrar na cidade.

Leia Também:

“Realizar sonhos é o nosso objetivo”

Viajamos e postamos aqui para incentivar outras pessoas a viajarem também!

Viaje na Melhor Idade!

9 respostas para “Triunfo: Museu do Cangaço no sertão de Pernambuco”

  1. […] No Museu do Cangaço, pagamos uma taxa simbólica de 4 reais para o casal e descobrimos um impressionante acervo da época do cangaço, incluindo aí, algumas peças do próprio Lampião. O Museu foi fundado no ano de 1975, entidade sem fins lucrativos e com finalidade estritamente cultural. Seu acervo de mais de 500 peças, entre peças pessoais de Lampião e quase todas veio de doações e comprada nos lugares frequentados por Lampião e seus cangaceiros. O Museu recebe visitantes de todo o Brasil e de outros países principalmente na busca de pesquisa e estudos, valorizando a tradição, a cultura e a história do povo Nordestino. Ver postagem aqui! […]

  2. […] Brasil: Museu e Oficina Brennand , Instituto Ricardo Brennand , Museu do Cangaço e Museu da Língua […]

  3. Vim aqui conferir esse trabalho que vocês fazem e achei tudo muito bom. Espero que esse problema do conteúdo não-autorizado se resolva o quanto antes, pois é chato mesmo. A gente se esforça e vem um parasita pra nos sugar… coisas da internet.
    Parabéns por mais um prêmio TopBlog. Eu também participei na categoria Turismo e Lazer e fiquei em 2º. Independente disso, estamos todos de parabéns, essa coisa de fazer blog, de mostrar às pessoas as coisas, de certa forma, ensinando e aprendendo muito também com o que é feito por aí afora, é bom demais!
    Abraço! e espero que vosso projeto só cresça mais e mais!

  4. VIRGULINO FERREIRA DA SILVA , VULGO LAMPIAO , FILHO DE JOSE FERREIRA DOS SANTOS E NETO DE ANTONIO FERREIRA DE BARROS,APESAR DE TER SIDO BATIZADO NA SERRA TALHADA EM PERNAMBUCO , ELE FOI FABRICADO NUMA CIDADE DE TIJUCAS, SANTA CATARINA AONDE SEUS PAIS VIERAM MORAR SUA MAE FICOU GRAVIDA E FORAM EMBORA PARA SERRA TALHADA EM PERNAMBUCO. NAO SE TEM REGISTROS DE BATISMO DE LAMPIAO EM TIJUCAS, SC , MAS HA UM LIVRO PEQUENO QUE ESTA ESCRITO ISSO SOBRE SUA VIDA E A UM BAIRRO EM TIJUCAS COM ESSE NOME.

    • Walter Leite disse:

      E verdade Maicon, esse fato aconteceu e se não me engano, lá no Museu alguém me falou sobre o nascimento de Virgulino em Santa Catarina.
      Obrigado pela dica e pela honrosa visita ao nosso blog.

  5. obrigado walter leite pelo seu depoimento , isso foi veridico sim, esta escrito num livrinho bem pequeninho , so nao se ha registros de batismo dele em tijucas, santa catarina. a historia omite isso, eles nao falam pq nao se ha registros.

  6. sr walter Leite , seria bom se a gente tivesse o tal livrinho sobre o verdadeiro local de nascimento de Virgulino Ferreira, pq o que vale e a certidao de batismo dele que e da serra talhada, pernambuco, sem este meio de provas , mesmo que nao seja verdadeiro, a gente nao pode falar nada. pq veja nem mesmo as datas de nascimento batem , um diz que e a data de batismo dele, outro diz que e a data de registro civil, e outro e data que ele nasceu , pq nao se batiza no mesmo dia que nasce? outro fato e o nome e se e Virgulino, ou e Virgulino Ferreira da silva ou Virgulino Ferreira dos Santos, nome do seus pais, outra coisa se ele foi morto ou nao ? se ele era homssexual? ha muitas contradiçoes em todo seu historico. mas abraços.

  7. EU acho que lampião nao tem registros

    • Walter Leite disse:

      Prezado, obrigado pela visita. Não posso discordar porque também, não temos certeza, mas lá tinha um documento de registro como pode ver na foto que tirei e coloquei na postagem. Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.