Recife: Museu e Instituto Ricardo Brennand

São 30.000 M² de Arte.

O Instituto Ricardo Brennand foi fundado em 2002 pelo colecionador e empresário Pernambucano, Ricardo Brennand e está localizado no bairro da Várzea, dentro de uma propriedade grande e deslumbrante onde o visitante já fica encantado com uma linda avenida de palmeiras imperial na entrada.

Pórtico na entrada principal:

VaConferir

Essa é a imagem principal para receber você na chegada ao Instituto Ricardo Brennand.

Olha que encantamento essa majestosa avenida de palmeiras que leva você até o Castelo sede do Museu e Instituto Ricardo Brennand.

Uma das primeiras imagens que a gente encontra na frente do castelo, entre muitas estátuas de Bronze e Ferro, a que mais chama atenção é da Mulher a Cavalo.

Também, na praça que fica na frente do castelo, você terá um encontro com a estátua de Davi, uma réplica da escultura original esculpida por Michelangelo, em 1504 em Florença, Itália.

Missão do instituto:

Tem como missão a preservação, a difusão e o acesso à cultura e herança material e imaterial, visando a promoção do capital humano e cultural.

O que vivenciar dentro do complexo:

Pense num lugar bacana! Tem até um salão (pinacoteca) com 1.200 m² para exposições equipado com a mais alta tecnologia em equipamentos, auditório, cafeteria, loja e jardins espalhados por todos os recantos das edificações do Instituo.

Ao entrar para ver as exposições, você pode pedir informações aqui nessa sala onde já pode apreciar diversos objetos antes mesmo de chegar aos principais salões de exposições.

Na Pinacoteca, você encontra diversos espaços e galerias todos decorados e bem harmonizados. Você pode fotografar desde que obedeça as regras de não pegar ou tocar nos objetos etc.

Aqui, um dos espaços destinados a receber mostras itinerantes e outros eventos de natureza cultural e social.

Espaço livre para você pode tomar um cafézinho ou um pequeno lanche com frente e vista para um belos jardins repleto de lindas esculturas em mármore branco.

Olha que jardim, todo gramado e decorado com belas esculturas produzidas em puro mármore…

É dificil o visitante não se encantar com essas áreas verdes e livre no entorno do Castelo e da Pinacoteca.

O Museu de Armas:

O Museu de Armas é em estilo medieval com um belíssimo acervo com cerca de 4.000 peças, considerada uma das maiores coleções de Armarias do mundo.

No Museu de Armas, o visitante vai encontrar em exposições uma verdadeiras joias da arte da cutelaria, como facas, espadas, adagas, canivetes, estiletes etc.

Ainda no museu de armas, vamos encontrar espadas de caça alemã, espadas egípcia, toda cravada em ouro e diamante, adaga trabalhada em cristal e parte em ouro, adaga Italiana com cabo de aço gravado com a figura de Hércules entres muitas outras peças das mais ricas do mundo.

Coleção de Canivetes, onde tudo começou quando ainda menino, Ricardo Brennand ganhou de seu pai um canivete e desde então não parou mais de colecionar.

Biblioteca:

Uma biblioteca, localizada também no prédio da Pinacoteca, reúne cerca de 60.000 itens, com especial enfoco para a História Colonial brasileira e destaque do período referente ao Brasil-Holandês de 1630-1654, com incursões pela História do Açucar e pela história das artes plásticas de maneira geral e sem falar nas galerias com mostras nacionais e internacionais e além, da coleção de escultura com destaque para as réplicas das principais obras do barroco italiano e também, em destaque as peças em mármore branco que vamos mostrar na galeria de fotos aqui no final desta postagem.

Esculturas em destaques:

Blog vaconferir

Aqui nessa sala, encontramos uma réplica da principal obra de Auguste Rodin – O Pensador !

VaConferir

As três graças, de Antonio Frilli do século XIX

VaConferir

Os lutadores, réplica da obra Pankration, esporte de combate antigo, uma mistura de boxe com luta livre que foi introduzida na Grécia.

VaConferir

Uma das obras mais fotografadas pelos visitantes – Vênus com Duas Graças – belíssima peça feita em mármore branco.

Mulher em repouso – século XIX – também, muito apreciada e fotografada pelos visitantes.

O Brasil Holandês na coleção.

Na Pinacoteca encontra-se o maior acervo de obras do pintor Frans Post, artista Holandês que esteve no Brasil no século XVII, o primeiro pintor a retratar a paisagem brasileira no século XVII.

Nesse espaço de tempo que vai desde 1630 até 1654 (e sobretudo entre 1637 e 1644, nos sete anos da administração Nassau) foram produzidas as primeiras e mais importantes obras de arte europeias das Américas, assim como mapas e textos fundamentais para a compreensão da topografia, da fauna, da flora e dos hábitos e costumes dos habitantes de nosso país. O acervo do Instituto Ricardo Brennand abrange as principais áreas da produção cultural desse período da história, e inclui retratos do Conde João Maurício de Nassau, mapas, objetos, moedas, documentos e ampla biblioteca sobre o domínio holandês, que está representada nesta exposição somente pelas mais raros e destacados livros sobre o assunto publicado no século XVII.

Galerias:

Nas diversas Galerias, os espaços são destinados a receber mostras itinerantes, além de eventos sociais, todas estruturadas são decoradas com diversas esculturas em mármore e painéis fotográficos entre outras.

Os espaços são amplos e com capacidade para receber diversas tipos de mostras nacionais e internacionais.

Na parte externa:

E tem mais! O complexo é rodeado pela Mata Atlântica, disposto em amplas áreas verdes, lagos, alamedas, nos quais o visitante poderá apreciar cisnes, gansos, patos, marrecos, garças e outras aves que ali fizeram morada.

Veja algumas fotos:VaConferir

VaConferir

VaConferir

Endereço, Ingressos, Horários e Dicas:

  • Aqui, pessoas com necessidades especiais e da Melhor Idade, tem prioridade, desconto nos ingressos e são recebidos com dignidade e respeito. Pense nisso!
  • Endereço do Museu: Alameda Antonio Brennand, s/n bairro de Várzea – proximidade do Campus da UFPE.
  • Preços dos ingressos:
  • Inteira R$ 30.00 Pessoas com deficiência, estudantes, professores e idosos acima de 60 anos R$ 15.00 Instituições educacionais particulares agendadas e confirmadas R$ 10.00 e entrada gratuita paraCrianças até 07 anos, guias de turismo e taxistas, mediante documentos comprobatórios.
  • Telefones para contatos:81 – 2121-0352 e 0365
  • Horário das visitas: Terça a Domingo – das 13 h as 17 h. Segunda feira é fechado e na última terça-feira de cada mês a entrada é gratuita (exceto nos meses de Janeiro, Julho e Dezembro).
  • Site oficial: Instituto Ricardo Brennand
  • Dicas de hotéis em Recife, Bom e Barato.

Educação pela arte:

Tendo como principal objetivo a educação pela arte, procurando despertar na comunidade o gosto e o amor por sua própria cultura, o Instituto Ricardo Brennand vem mantendo programas de caráter educativo voltado para crianças e jovens da comunidade de Várzea (local do Instituto) e do estado de Pernambuco. Tudo por meios de projetos pedagógicos interativos, com uso de multimídia, a instituição participa da formação cultural de estudantes, abordando temáticas nos campos da história, das artes e da filosofia, em parceria com escolas públicas e privadas, bem como com as universidades sediadas na região.

Confira também:

Siga nossas Redes Sociais:

No Youtube – Inscreva-se e deixe seu like.

No Instagram, você confere antes fotos com Dicas de outras viagens.

No Facebook você ver fotos e vídeos com Dicas das viagens mais recentes.

No Twittervocê confere Dicas com Links das postagens recentes.

Postamos nossas viagens para ajudar a outras pessoas a viajarem também. 

“Realizar sonhos é o nosso objetivo”

Viaje na Melhor Idade!

10 respostas para “Recife: Museu e Instituto Ricardo Brennand”

  1. Maria Amelia Barbosa disse:

    Adorei a história e pretendo visitar o local em breve.

    • Walter Leite disse:

      Venha nos visitar. Esse museu é tudo de Bom. É considerado como sendo um dos melhores da América do Sul. Obrigado pela visita!

  2. George Emerson disse:

    VISITEI HOJE COM MINHA FAMILIA E EXPETACULAR E MUITO FASCINANTE.
    VALE A PENA CONHECHER.

  3. Maria Albenz disse:

    Vi a reportagem hoje pela manhã na TV Globo já tinha visto esta reportagem sobre o Instituto pretendo ir ao Recife primeira visita será ao Instituto.

    • Walter Leite disse:

      Você vai amar esse museu. Ele é um dos melhores e mais imponente da América Latina. Obrigado pela visita!

  4. Elisangela disse:

    Esse museu é encantador vale apena visitar com sua família amei tudo, estou muito triste pela morte Ricardo Brenan o que se dedicou a essa grande arte o Museu meus sentimentos a todos da família ele deixa um grande legado a nossa cidade.

  5. ELIVANA ALCOFORADO disse:

    Chegamos de Boa Vista-RR para morar no Recife e pretendemos conhecer essa maravilha.

  6. Carlos Alberto Alves disse:

    Visitei esse fabuloso museu, no dia de meu aniversário e foi um belo presente que me dei. Fiquei fascinado desde a entrada do Instituto Ricardo Brenand, até o interior de suas instalações. Um dos melhores museus que já conheci. E olhe wue conheço o Louvre! Portanto, posso dizer que é um museu de altissima qualidade.

    • Walter Leite disse:

      Que bom Carlos Alberto você ter gostado do Museu Ricardo Brennand. Eu concordo com quando você diz que é um dos melhores museus que já conheceu e que é de altíssima qualidade. Parabéns e obrigado pela visita e pelo excelente comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.