De Veneza para Milão em apenas duas horas e trinta minutos!

Foi isso mesmo, duas horas e trinta minutos o tempo que o trem Frecciabianca gastou de Veneza para Milão.

Logo que autorizado, entrei na plataforma de embarque uns 10 minutos antes do trem chegar. Foi legal ver e vivenciar o movimento de trens saindo e chegando.

Sobre a viagem até Milão:

Foi uma excelente experiência sair de Veneza para Milão de trem em alta velocidade, direto a estação Central de Milão, com direito a internet livre, assentos decentes, jornais e revistas a bordo, pontos de energia ao lado dos assentos com os cabos para carregar bateria de celulares e computadores, sem esquecer de falar da vista que se tem da paisagem e dos pequenos povoados que passamos.

Não sabemos se esse conforto tem em todos os trens que faz esse trajeto ou se tivemos sorte!

Quando vi que tinha internet de cortesia, ligue meu micro e naveguei um pouco para fazer contato com a família que ficou no brasil e colocar os assuntos em dia!

É sempre bom lembrar de chegar à estação com uns 30 minutos de antecedência para trocar o bilhete quando adquirido pela internet pelo tíquete de embarque em uns guichês próximo as plataformas de embarque e também, conferir qual a sua plataforma e o horário da partida, que poderá ser visto nos painéis luminosos espalhados nas áreas da estação, uma vez que, na Europa, dificilmente os trens atrasam. Eles são extremamente pontuais.

Assentos confortáveis, são espaçosos tanto na largura como espaços para as pernas e ainda contam com apoio para a cabeça; Vagão Buffet, todos tem acesso ao vagão buffet, para lanches e bebidas; Ar condicionado em todos os vagões e Internet Wi-Fi livre (não era de boa qualidade).

Curiosidade:

O atraso máximo de um trem de alta velocidade numa estação europeia, é de 30 segundos enquanto que no Japão, é de aproximadamente 10 segundos.

Cuide da sua bagagem, viaje com segurança:

Nossa dica para quem for da Melhor Idade, é que leve somente uma mala por pessoa, de preferência do tipo com rodinhas e com pouco peso, já que próprio passageiro é o único responsável pela sua bagagem, tanto para entrar no vagão, como para guardar no bagageiro que pode ficar acima do seu assento ou nas prateleiras que ficam nas laterais já próximo a porta de entrada do trem ou outro local, já que cada trem tem seu layout próprio. Nessa viagem, o porta bagagem foi a cima de nossas cabeças e num espaço bastante grande, o suficiente para caber todas as malas.

É sempre bom lembrar que em viagens de trens pela Europa, você é quem carrega sua mala para dentro do trem e acomoda nos devidos lugares conforme o tipo do vagão.

Depois de embarcado, posto as malas nos seus devidos lugares, aproveite para relaxar e contemplar as paisagens que vão passando pela sua janela e tenha uma boa viagem.

Direitos do Idoso:

Uma dica que vale a pena o Idoso praticar, é estar sempre com sua carteira de identificação em mãos em todos os lugares para comprovar sua idade e usufruir dos benefícios a que tem direito, a começar no Check in nos aeroportos, entrar na fila certa, assentos identificados, os descontos nos ingressos em Parques, Museus, Shows, Metrô, Ônibus, Trens e em muitas outras atrações turísticas que oferecem bons descontos e até a gratuidade para a Melhor Idade.

Na estação Central de Milão:

Na estação central de Milão, ficamos um tempo para contemplar sua arquitetura e os murais espalhados pelos saguões que homenageiam a maioria das cidades italianas.

Estação Central de Milão, um show de beleza e organização!

Quem tiver a oportunidade de chegar ou sair de Milão pela estação Central, recomendamos tirar um tempinho para se embelezar com a riqueza e os detalhes do estilo Arte Déco.

De fora da sua explanada tenha uma vista espetacular da sua imponente fachada de 200 metros de largura e 72 metros de altura. Grande e toda modernizada com elevadores e até esteiras rolantes para dar conta do grande fluxo de passageiros e acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção.

Foi como um sonho passar por aqui. Penso em voltar …

Viagem de Veneza para Milão de trem.

Ficamos maravilhados com essa viagem, barato e sem complicações de qualquer natureza.

Nossa hospedagem em Milão:

Assim como nas outras cidades que passamos, em Milão não foi diferente, ficamos hospedados num hotel bem próximo da estação, por estar situada na região central da cidade e perto das principais atrações turísticas e outros pontos estratégicos para serem visitado. Sim, a estação de metrô mais próxima desse hotel, é a estação República que estar a quatro quadras de distância.

Nossa viagem de Veneza para Milão de trem.

Dessa vez, ficamos hospedado no NH Milano Grand Hotel Verdi, fomos muito bem recepcionados e nos dispuseram um enorme quarto para esse casal, confortável, café da manhã e com acesso à internet gratuita e de boa qualidade.

Onde ficar em Milão:

Reserve seu hotel em Milão aqui na página da Booking – rápido, seguro, único no mundo que tem o preço garantido, você não paga nenhuma taxa adicional e só paga no hotel e ainda, agradecemos pela comissão que recebemos por sermos Afiliados/parceiros!

Curtam e compartilhem nossas páginas:

Estamos no Facebook I no Instagram I no Twitter

Dicas de outras viagens de Trem:

Outra viagem inesquecível foi de Frankfurt até Berlim passando por Hannover.

De Roma até Florença foi uma maravilhosa.

De Paris até Londres foi sensacional, muito bacana. 

Nosso slogan:

“Viajar é a maior clínica médica do mundo, é o melhor remédio que existe para a Melhor Idade” – Boa Viagem: Walter e Lucineide.

2 respostas para “De Veneza para Milão em apenas duas horas e trinta minutos!”

  1. Excelente post, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.