Casos que acontecem antes, durante e depois do voo

Vou contar alguns casos que acontecem antes, durante e depois de um voo. Muitos desses relatos são incríveis e saber que existem muitos outros. Alguns casos eu presenciei e outros, aconteceram comigo.

As fotos aqui apresentadas, são próprias e servem apenas para demonstrativos da informação.

CASOS ANTES DO VOO:

São casos e momento que a maioria dos passageiros estão ansiosos para embarcar, principalmente, aqueles que estão realizando o sonho de viajar de avião pela primeira vez. Me lembra muito meu primeiro voo!

Estamos no portão errado.

Aconteceu conosco no aeroporto de Zurique, Suíça, estávamos sentados confortavelmente aguardando nosso embarque. Acontece que mudaram o portão de embarque e os avisos saíram em línguas que a gente não tinha conhecimento; só não perdemos o voo porque uma agente da segurança nos orientou a correr para o novo portão de embarque. Ufa, deu tempo! No aeroporto aguardando a hora de embarcar

Embarco terrestre.

Imagine a cena: todos indo para o avião e alguém passa correndo puxando uma mala para embarcar primeiro e quando a gente chega no avião, tá ele lá desconfiado aguardando sua vez que pela sequência numérica das passagens que estão chamando, ele será o último a entrar no avião.

Procurando o portão de embarque.

Essa é boa e acontece com muitos, principalmente, nos grandes aeroportos. Passageiros já entra com seu bilhete em mãos procurando onde fica o portão de seu embarque.

Ufa, encontramos nosso portão de embarque, até merece uma selfie!

CASOS DURANTE O VOO:

Cumprimentos de boas-vindas.

Já presenciei pessoas tão sem estilo, sem educação, que entra no avião e não responde aos cumprimentos do chefe de cabine dando as boas-vindas. Gente, é só dizer: Obrigado!

No corredor do avião.

Essa é de arrepiar, você entrar no avião e encontrar o corredor lotado porque tem alguém tentando encaixotar no compartimento uma mochila ou bagagem que além de estar fora dos padrões, ainda pede uma ajudinha.

Tem aquele que após guardar sua bagagem, puxa de volta porque esqueceu de tirar alguma coisa. Haja paciência!

Alegria, alegria.

Você entrar e não encontrar ninguém sentado no seu assento. O momento é de alegria. E quando tem alguém, é preciso chamar um comissário para resolver. E ainda tem o teimoso que vai procurar seu bilhete (que não sabe onde guardou), esse tipo dá trabalho danado para devolver seu assento.

Cinto de segurança.

Não obedecer a luz do cinto de segurança; O pior é ver alguém tirar o cinto assim que o avião levanta voo ou quando está taxiando.

Atenção: vem um aviso e um pedido para todos afivelarem seis cintos, estamos passando por uma área de turbulência. Aí, nesse exato momento, alguém se levanta para ir ao banheiro.

Outro dia, uma senhora me perguntou o que era turbulência e antes de eu responder, o avião começou a tremer e balançar, isso é turbulência minha senhora, ela abriu a bolsinha no colo, tirou um terço e segurou minha mão, fechou os olhos e começou a rezar…. aproveitei e rezei também.

Janela de emergência.

A pedido, já viajamos muito nas janelas de emergência. Apesar da responsabilidade, o lugar é bom, tem mais espaço. Não tentem abrir, elas possuem travas automáticas com comando. Não façam isso, você está sentado aí por confiança e deve ter sido convidado.

Fones de ouvido.

Deve ser irritante para os comissários durante durante o serviço de bordo. Eles estão oferecendo alguma coisa, podendo ser até um pequeno lanche ou uma bebida e o passageiro tá nem aí, ouvindo sua música. No final, tem aqueles que saem reclamando do atendimento!

Sol saindo.

Essa é de arrepiar, cinco da manhã, todos dormindo, alguém abre a janela e fala: Olha o sol nascendo no horizonte, tá lindo…o pior, eu estava próximo e acordei com aquela claridade…

Reclinar o assento.

Tem aquele sujeito folgadão que ao sentar vai logo reclinando seu assento e quando é na hora das refeições, piora tudo. Se o de trás tiver barriga, a bandeja dele não cabe, é preciso que o comissário venha pedir para ele voltar seu assento para a posição vertical.  Eu sempre apontei para um dos comissários para resolver. Tem dado certo!

Comissários garçonetes.

Tem gente que pensa que os comissários são garçonetes. Ainda tem aquele que pede exatamente na hora errada, já presenciei alguém na hora da decolagem, pedi um copo d’agua para engolir um comprimido pra não enjoar na viagem.

Encosto do assento.

Essa acaba comigo: o passageiro sentado atrás puxar o encosto do meu assento para levantar-se, dando sopapos. Às vezes estou dormindo e sou acordado. É terrível e irritante. Ainda tem aquele que puxa o encosto levando consigo um pouco dos cabelos da mulher que está ao meu lado…

DEPOIS DO VOO:

Depois do voo, ao desembarcar, ter que passar pela ala da classe dos executivos e presenciar aquela bagunça deixada pelos passageiros.

Metro para pegar sua mala.

Você já imaginou sair do avião e ser orientado a entrar num pequeno metrô interno para ir pegar sua mala, pois bem, aconteceu conosco algumas vezes no aeroporto de Madri, uma no aeroporto de Zurique e o mais recente foi no aeroporto Charles Degaule em Paris. Fomos orientados a seguir e embarcar num pequeno metrô, para chegar nas esteiras onde estão as malas. Nada a reclamar, foi uma viagem dentro da mesma viagem.

Cadê minha mala.

Um dos piores momentos de uma viagem é você chegar e não encontrar sua mala na esteira, ela ficou ou foi despachada para outro destino. Nós já passamos por essa apenas uma vez e graças à seguradora que encontrou e fez chegar às nossas mãos 4 dias depois.

Chegamos.

É até engraçado, a gente chega no saguão puxando aquela mala pesada (cheia de compras para presentear) e se depara com um monte de gente olhando para você com uma plaquinha que não é seu nome e outros oferecendo taxi, ônibus e ainda, tem aquelas meninas que te acompanham oferecendo uma revista de brinde (assinaturas) e até malas tem gente vendendo. É uma agonia sair do aeroporto.

E com você, já aconteceu algum caso especifico? Conta pra nós!

Confira também.

05 dicas para você escolher um bom quarto de hotel.

Saúde legal para seu corpo ficar mais jovem.

Dicas para sua viagem mais segura e confortável.

Se você gosta de viajar e chegou até aqui, siga nosso Instagram.

Voe com tranquilidade.

Quem sofre de varizes ou já teve trombose deve usar meias especiais, que auxiliam a circulação e reduzem o inchaço das pernas. Para evitar inchaços e, em caso extremos, trombose, procure movimentar as pernas no máximo a cada duas horas. Vale andar pelo corredor e também esticar os braços e alongar a coluna.

Viajamos e postamos aqui para ajudar outras pessoas a viajarem também.

“Realizar sonhos é o nosso principal objetivo”

Viaje na melhor idade!

4 respostas para “Casos que acontecem antes, durante e depois do voo”

  1. Murilo Diniz disse:

    Que aula boa, amigo Walter! Vamos esperar a vacina para termos essas experiências

  2. Susana Amorim disse:

    Maravilhosos registros….
    Tem alguma comemoração de aniversário em Aviao? Nunca vi, mas sei que pra quem gosta de voar deve ser bom comemorar aniversário nos ares!!!

  3. Tenho sim, o meu aniversário de 70 anos, o comandante do voo que estávamos com destino a Miami, saiu do seu assento e veio onde eu estava e me deu os parabéns e fez um excelente elogio pela minha aparência jovial que tenho na data.
    Obrigado pela sua visita e um forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.