Jardins do Palácio de Versalhes para você nunca esquecer

De Paris para Versalhes:

É um pulo, apenas 20 km de distância até os Jardins do Palácio de Versalhes, e indo de trem, mais rápido impossível.

Para chegar nos Jardins do Palácio de Versalhes, fomos para a estação dos Inválidos às nove da manhã, pegamos o ônibus que nos levou até o trem RER (pagamos apenas 2 EUROS ida e volta a Versalhes).

VaConferir

Esse foi o ônibus que pegamos para chegar no trem RER. Muito confortável e motorista atencioso e bem simpático.

VaConferir

O trem é bem legal, dois andares e em 20 minutos, chegamos em Versalhes: Versalhes Château River Gauche (guarde esse nome, é a estação onde você vai desce).

VaConferir

Essa é a estação Versailles Château River Gauche, parada do trem em Versalhes, 5 minutos à pé até a esplanada do Palácio de Versalhes.

VaConferir

Já encontramos as imensas filas para entrada no Palácio e outras para compras de ingressos. É sempre assim!

Nosso ingresso:

Seguimos para entrada dos Jardins e entramos na fila de idosos, pouca gente, compramos nossos ingressos e entramos para um tour, percorrer os principais pontos dos Jardins.

VaConferir

Nossos primeiros passos foi caminhando dentro dos principais jardins. Entramos pelo lado esquerdo do portão principal e seguimos para a direita.

VaConferir

Entrando sem deixar de perceber a edificação do Palácio de Versalhes que sempre ficava a nossa direita…

Dica: no período de Abril à Outubro, das 8:00 às 20;30 as fontes são ligadas e os jardins ficam musicais em todo o período da tarde até ao anoitecer.

VaConferir

Hora do almoço, paradinha para um sanduíche bem caprichado e uma tigelinhas com fritas e legumes, tudo isso numa lanchonetes que encontramos no meio dos bosques.

Os Jardins:

VaConferir

Os lagos e os Jardins só para você ter uma dimensão de suas grandiosidades, é preciso conhecer alguns dos números: São mais de 8 mil km² de área, mais de 50 fontes, 30 bacias d’águas com cerca de 30 km em canalização e 40 km de aquedutos subterrâneos.

VaConferir

A partir de uma certa hora do período da tarde, as fontes são ligadas e é desse ponto que as belezas dos jardins encantam a todos.

A Fonte Latona:

VaConferir

A fonte LATONA, uma das maiores do lago, dedicada à Mãe dos Gêmeos, APOLO e DIANA, deuses de Sol e da Lua, na mitologia Grega.

VaConferir

Latona é considerada a mais bonita e a mais perfeita das fontes existentes nos Jardins de Versalhes.

Sobre o Palácio de Versalhes:

VaConferir

No final da tarde, subimos e ficamos alguns minutos frente a frente com o Palácio de Versalhes, que só em 2019 recebeu mais de 8 milhões de visitas.

VaConferir

Sobre o Palácio de Versalhes, alguns números para você ficar sabendo antes de chegar lá: São 2.153 janelas, 67 escadas, 352 chaminés, 700 quartos e 1.250 lareiras.

Onde ficar em Paris:

Em Paris todo lugar para ficar é sempre ótimo, mas, a escolha mais bem paga é você que determina, nós optamos por escolher o Site Booking por não cobrar taxas e ainda dar direito a cancelamento gratuitos em quase todos os quartos.

Confira também:

O Grande Arco da Praça de La Defense – lugar que poucos subiram para conhecer.

Arco do Triunfo para você que nunca subiu.

A linda Basílica de Sacré-Couer na colina de Montmart.

O Melhor da Torre Eiffel para você subir.

Realizar sonhos é o nosso principal objetivo.

A gente vai na frente para contar o que vimos para você ir também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.