A Pedra Azul: Turismo nas serras Capixabas

Fiz um bate e volta desde Vitória até Domingos Martins no estado de Espirito Santo para ver a famosa Pedra Azul, quando cheguei lá, ela estava cinza, mas, valeu a viagem. A região é muito bonita!

VaConferir

 

Pense num lugarzinho bacana que vale a parada, um roteiro de charme, agroturismo e cachoeiras no entorno da Pedra Azul; O azul, é a cor predominante, mas podem aparecer outros tons amarelados ou esverdeados, nesse dia, estava acinzentado.

A Pedra Azul e seu entorno:

A Pedra Azul é sem dúvida, o principal cartão postal da serra Capixaba. Esse Monolito gigante, com uma saliência no meio da pedra no formato de um lagarto escalando os mais de 1.800 metros de altura, está situada na pequena comunidade de Aracê no município de Domingos Martins.

 

 

 

No seu entorno, encontramos uma variedade de pequenos negócios colonizados por Italianos e Alemães, no artesanato e na agroindústria, na estrada encontramos diversas casas com produtos da roça e restaurantes com receitas bem caseiras e com produtos orgânicos.

Para chegar até o pé da Pedra Azul, foi moleza e para escalar, só para os corajosos. Depois, seguimos para as cachoeiras e piscinas naturais, se fosse hoje, eu não toparia escalar as cachoeiras. Apesar de não ter me prevenido com roupa apropriada para o local, o banho foi compensador molhar a bermuda.

O Visual é lindo:

Conforme vemos nas fotos, a região é sem dúvida um charme para quem gosta de turismo de aventura e do agroturismo.

Naquela época, não deu tempo conhecer toda a região, fiz esse bate e volta pensando somente na tal Pedra Azul e como não sabia nada a respeito da região, meu tour parou aí mesmo pela base da Pedra Azul.

Hoje, pesquisando na internet, vi que a região está muito mais desenvolvida em relação do ano em que visitei.

Se você estiver sonhando em ir conhecer a região, confira nossas Dicas de Hotéis em Domingos Martins e no distrito de Aracê.

Leia também:

 Minha primeira viagem a cidade histórica de Ouro Preto.

Veja como “faz tempo” que visitamos a Chapada Diamantina.

Faz tempo!

Mapa do Destino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *