Nova york: as três ativistas pelos direitos das mulheres

As três ativistas.

O MONUMENTO

As três ativistas em estátuas representadas por Sojourner Truth, Susan Anthony e Elizabeth Stanton, duas brancas e uma negra,  reunidas numa mesa para discutir assuntos relacionados aos direitos das mulheres e contra a escravidão.

VaConferir

Feita de bronze pela escultora Meredith Bergmann, esse monumento foi instalado em uma das áreas mais frequentadas do Central Park, numa ala chamada Passeio Literário.

Ao longo de mais de 160 anos de história do Park, foram instaladas mais de 30 estátuas, no entanto, todas homenageiam apenas homens brancos.

As três ativistas.

As três Ativistas: Elizabeth Stanton (1815 – 1902), Susan Anthony (1820 – 1906), já tinham sido presas e condenadas por votarem ilegalmente  em 1872 e Sojourner Truth (1797 – 1883), que nasceu na escravidão em Nova York, escapou para a liberdade em 1826 e se tornou conhecida como abolicionista e ativista pelos direitos das mulheres.

VaConferir

Tudo começou com as manifestações contra a desigualdade racial que surgiu após a morte de George Floyd no final de maio de 2018.

Localização

Esse monumento está localizado no Passeio Literário do Central Park, uma via arborizada, de fácil acesso, onde também se encontra a estátua de Shakespeare,  do poeta escocês Roberto Burns, do romancistas Sir Walter Scott e do escritor americano Fitz-Greene.

VaConferir

Aqui, estamos na via Passeio Literário onde se encontra o monumento as três ativistas.

Confira também.

Veja a Estátua Dourada do Rockefeller Center.

Outra estátua famosa é de George Cohan no centro da Time Square.

Postamos nossas viagens para ajudar a outras pessoas a viajarem também.

Agradecemos sua audiência e boa viagem.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.