Trem regional: nosso melhor bate e volta na Europa.

De Milão para Turim:

Foi a primeira vez que viajamos de trem regional na Europa. Foi uma espécie de pinga-pinga entre a estação Central de Milão até chegar na estação Porta Nova da cidade de Turim, na Itália. Se você estiver pensando que viajar de trem regional na melhor idade é difícil, está enganado. A gente, também, pensava assim até o dia que fizemos a nossa primeira viagem, um bate e volta saindo de Milão até a cidade de Turim. Nosso pensamento inicial era de novamente visitar a belíssima cidade de Bérgamo, polo cultural e turístico da Lombardy, mas, quando vimos o Trem Regional parado na estação com o nome – TURINO – veio logo a lembrança do “Manto Sagrado” , o pano de linho branco que cobriu Jesus que está guardado na catedral de Turim.

Trem Turim

Trem regional, foi o nosso melhor bate e volta na Europa.

Como foi nossa viagem de Trem Regional:

Sem filas, sem burocracia e barato, compramos nossos bilhetes por 12,20 Euros por pessoa, o trem é do tipo que anda devagar e ainda faz umas paradinhas, uma espécie de pinga-pinga, queríamos conhecer como é viajar em Trem Regional mas, se você preferir rapidez, tem os trens de alta velocidade, e fomos para o embarque. Complicado para o Idoso? Que nada, esse modelo de trem na Europa é confortável e prático!. Mesmo sendo de baixa velocidade na maioria dos trechos e com algumas paradinhas rápidas para embarques e desembarques de passageiros, essa viagem foi feita em aproximadamente uma hora.

Trem Turim (11)

Trem regional é assim mesmo, sem muito conforto. Não tem regalias mas, é extremamente limpo, organizado e sem burocracia!

Chegamos na cidade de Turim:

Como as estações de trens na Europa são localizadas nos centros das cidades, de fato, a estação Porta Nova, fica bem no centro da cidade e deu tempo a gente andar e conhecer um pouco de Turim. Sim, fomos direto ao nosso principal objetivo, visitar a Catedral de Turim, onde se encontra guardado, o Manto Sagrado. Nesse dia, tinha pouca gente dentro da igreja e isso nos facilitou uma aproximação da urna onde está o Manto. Mesmo sendo proibido tirar fotos, eu consegui tirar uma por traz de uma pilastra perto de um padre que estava com um olhar de (autorizo apena sem flash) e depois, aquele sorriso de satisfação. Foi um grande momento!.

Trem Turim (22)

Local dentro da Catedral de Turim, onde está guardado o Manto Sagrado. 

O que visitamos naquele dia:

Com uma pequena máquina fotográfica de bolso, sem pressa e nada de correria, seguimos à pé, visitando praças, avenidas, jardins, monumentos, lojas, restaurante, aqui uma paradinha para almoço e no finalzinho da tarde, encerrando nosso tour pelas belezas de Turim, voltamos para a estação Porta Nova para embarque no Trem Regional com destino a cidade de Milão.

Trem Turim (23)

A Nave Principal da catedral de Turim.

Trem Turim (12)

A riqueza arquitetônica com suas grandiosas praças e avenidas, faz de Turim uma das cidades mais bonita da Itália.

Trem Turim (31)

Turim tem história e belezas para serem visitadas e fotografadas.

Foi a melhor viagem de bate e volta? Até aqui, sim, já que a próxima será a melhor!

Outras dicas:

  • Hotéis em Turim com os melhores preços garantidos AQUI no parceiro Booking.
  • Compartilhe e curtam nossas viagens no FaceBook clicando AQUI.
  • Nossas fotos no Instagram AQUI com as melhores dicas para você conhecer!

Mapa do Destino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *