Museu do Cangaço na cidade de Triunfo

O Museu do Cangaço na cidade de Triunfo, sertão de Pernambuco, é um dos mais antigos do Nordeste. Foi fundado no ano de 1975 e hoje, guarda um valioso acervo da história do cangaço no Nordeste do Brasil.

Fachada do prédio do Museu:

www.vaconferir.com.br

Na entrada, uma pequena surpresa foi quando a recepcionista disse que o ingresso custava 8 reais (apenas oito) para o casal e nosso guia não precisava pagar e quando avisamos que éramos da Melhor Idade (+60), aí foi confirmado que pagaríamos a metade, ou seja, 4 reais. Gente, é muito barato para entrar e conhecer o belíssimo acervo do Museu do Cangaço,  ver e vivenciar a história do cangaço no sertão nordestino.

Certidão de Nascimento e Batismo de Lampião.

www.vaconferir.com.br

Com mais de 500 peças, punhais, armas de todas as espécies existentes na época, roupas, fotografias e entre elas do próprio Lampião, quase todas adquiridas por doações e outras compradas nos lugares em que Lampião e seu bando costumavam frequentar e até, habitar em determinados períodos.

Algumas fotos do acervo no museu:

www.vaconferir.com.br

www.vaconferir.com.br

www.vaconferir.com.br

www.vaconferir.com.br

Diante dos relatos que ouvimos, a maioria das armas ali expostas, foram doadas pelas comunidades da região, principalmente, os lugares por onde Lampião e seu bando passou e deixou sua marca registrada naquela época, “Lampião passou aqui”.

Algumas armas usadas pelo bando de Lampião:

www.vaconferir.com.br

www.vaconferir.com.br

Também, foi no Museu do Cangaço que vivenciamos relatos assustadores e ao mesmo tempo triste, foi quando encontramos fotos de mulheres com o rosto marcado com ferradura (ferro quente) sinalizando que aquela era propriedade particular.

Mulheres ferradas no rosto e em outras partes do corpo:

www.vaconferir.com.br

www.vaconferir.com.br

O Museu do Cangaço é bastante frequentado por estudantes, pesquisadores, turistas, historiadores e até fãs de Lampião de todo o Brasil e parte do exterior.

Horário de funcionamento e endereço:

  • Seu funcionamento é de Segunda à Sábado, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, nos Domingos, abre às 8 e fecha às 12 horas.
  • Endereço: Praça Monsenhor Elizeu, s/n – Centro.

Ingresso para ter acesso ao museu:

  • Para entrada, pagamos um taxa simbólica de 4 reais já com desconto para o casal na Melhor Idade.

Como chegar:

  • Saindo de Recife pela BR 232 até a cidade de Serra Talhada, são aproximadamente 450 km e depois, mais 30 km pela rodovia estadual PE 365 até a cidade de Triunfo.
  • Saindo de João Pessoa pela BR 230 até Campina Grande, seguindo pela BR 412 até Triunfo são aproximadamente 450 Km.
  • Saindo de Campina Grande pela BR 412 são aproximadamente, 310 Km.
  • Saindo de Maceió pela BR 104 e BR 232, são aproximadamente 410 Km.

Onde ficar:

Triunfo é uma cidade serrana, de pequeno porte, com aproximadamente 20 mil habitantes, mas, com uma belíssima infraestrutura de hospedagem, são mais de 10 entre hotéis e pousadas. Nós ficamos hospedados no Centro de Lazer do SESC, uma excelente indicação que obtivemos de seus habitantes ao entrar na cidade. Outra opção é buscar hotéis e pousadas no site da Secretaria de Turismo de Triunfo:  http://www.triunfo.pe.gov.br/turismohoteis.asp

Leia Também:

“Realizar sonhos é o nosso objetivo” Viaje mais na Melhor Idade!

Mapa do Destino

7 respostas para “Museu do Cangaço na cidade de Triunfo”

  1. […] No Museu do Cangaço, pagamos uma taxa simbólica de 4 reais para o casal e descobrimos um impressionante acervo da época do cangaço, incluindo aí, algumas peças do próprio Lampião. O Museu foi fundado no ano de 1975, entidade sem fins lucrativos e com finalidade estritamente cultural. Seu acervo de mais de 500 peças, entre peças pessoais de Lampião e quase todas veio de doações e comprada nos lugares frequentados por Lampião e seus cangaceiros. O Museu recebe visitantes de todo o Brasil e de outros países principalmente na busca de pesquisa e estudos, valorizando a tradição, a cultura e a história do povo Nordestino. Ver postagem aqui! […]

  2. […] Brasil: Museu e Oficina Brennand , Instituto Ricardo Brennand , Museu do Cangaço e Museu da Língua […]

  3. Vim aqui conferir esse trabalho que vocês fazem e achei tudo muito bom. Espero que esse problema do conteúdo não-autorizado se resolva o quanto antes, pois é chato mesmo. A gente se esforça e vem um parasita pra nos sugar… coisas da internet.
    Parabéns por mais um prêmio TopBlog. Eu também participei na categoria Turismo e Lazer e fiquei em 2º. Independente disso, estamos todos de parabéns, essa coisa de fazer blog, de mostrar às pessoas as coisas, de certa forma, ensinando e aprendendo muito também com o que é feito por aí afora, é bom demais!
    Abraço! e espero que vosso projeto só cresça mais e mais!

  4. VIRGULINO FERREIRA DA SILVA , VULGO LAMPIAO , FILHO DE JOSE FERREIRA DOS SANTOS E NETO DE ANTONIO FERREIRA DE BARROS,APESAR DE TER SIDO BATIZADO NA SERRA TALHADA EM PERNAMBUCO , ELE FOI FABRICADO NUMA CIDADE DE TIJUCAS, SANTA CATARINA AONDE SEUS PAIS VIERAM MORAR SUA MAE FICOU GRAVIDA E FORAM EMBORA PARA SERRA TALHADA EM PERNAMBUCO. NAO SE TEM REGISTROS DE BATISMO DE LAMPIAO EM TIJUCAS, SC , MAS HA UM LIVRO PEQUENO QUE ESTA ESCRITO ISSO SOBRE SUA VIDA E A UM BAIRRO EM TIJUCAS COM ESSE NOME.

    • Walter Leite disse:

      E verdade Maicon, esse fato aconteceu e se não me engano, lá no Museu alguém me falou sobre o nascimento de Virgulino em Santa Catarina.
      Obrigado pela dica e pela honrosa visita ao nosso blog.

  5. obrigado walter leite pelo seu depoimento , isso foi veridico sim, esta escrito num livrinho bem pequeninho , so nao se ha registros de batismo dele em tijucas, santa catarina. a historia omite isso, eles nao falam pq nao se ha registros.

  6. sr walter Leite , seria bom se a gente tivesse o tal livrinho sobre o verdadeiro local de nascimento de Virgulino Ferreira, pq o que vale e a certidao de batismo dele que e da serra talhada, pernambuco, sem este meio de provas , mesmo que nao seja verdadeiro, a gente nao pode falar nada. pq veja nem mesmo as datas de nascimento batem , um diz que e a data de batismo dele, outro diz que e a data de registro civil, e outro e data que ele nasceu , pq nao se batiza no mesmo dia que nasce? outro fato e o nome e se e Virgulino, ou e Virgulino Ferreira da silva ou Virgulino Ferreira dos Santos, nome do seus pais, outra coisa se ele foi morto ou nao ? se ele era homssexual? ha muitas contradiçoes em todo seu historico. mas abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *