Berlim: o Memorial do Holocausto à memória dos Judeus assassinados.

Memorial do Holocausto:

Na cidade de Berlim, já na chegada ao Memorial do Holocausto à memória dos 6 milhões de Judeus mortos durante a segunda guerra mundial, a gente fica um pouco arisco em função de sua comovente, grandiosidade e diferente estilo de cemitério que já havíamos visto até então.

As lápides:

Ao todo, são 2.711 blocos retangulares de concreto enfileirados sobre uma superfície irregular que lembram ondas de lápides. A gente até fez um passeio entre as lápides. É o Memorial do Holocausto mais importante dentro da Alemanha.

Monumento dos Judeus na Europa

Monumento à memória dos Judeus

Sua construção:

Sua construção teve início em Abril de 2003 e foi inaugurado dois anos mais tarde, em Maio de 2005. Hoje, o Memorial do Holocausto está ocupando uma área de 19.000 metros quadrados com 2.711 blocos de concreto na sua área externa. Na parte subterrânea é onde estão as principais salas com diversas exposições. O acesso poderá ser feito por elevadores ou por escadarias, mas, antes de descer, é bom prestar atenção aos avisos de segurança e as instruções, como não entrar com menores de 14 anos, subir às estelas, fazer barulho, não fumar, desligar o telefone e não usar flash ao tirar suas fotos etc.

Monumento à memória dos Judeus

Como pode ver na foto, uma das escadarias de acesso ao subterrâneo do Memorial.

Monumento à memória dos Judeus

Aqui, estamos diante da fila de entrada para visitação das salas e galerias no subsolo do memorial.

No subsolo:

No subsolo você vai encontrar uma apresentação panorâmica da perseguição e do extermínio dos Judeus europeus, feita através de um friso composto por texto e imagem. São 6 retratos grandes representando os 6 milhões de vítimas.

Na sala das dimensões é composto por registros diários, cartas e apontamentos que foram escritos durante a perseguição.

Na sala das famílias, com base em 15 famílias, são apresentados diferentes mundos sociais, culturais e religiosos judeus. As fotografias e os documentos pessoais apresentam diferentes mundos sociais, culturais, religiosos e mostra a diversidade do Judaísmo europeu antes do Holocausto e constituem um relato sobre a distribuição, a expulsão e o extermínio destes serem humanos.

Na sala dos nomes, você pode escutar os nomes e breves biografias dos judeus mortos e desaparecidos de toda a Europa.

Na sala dos lugares, o Holocausto é apresentado na sua extensão geográfica, abrangendo toda a Europa. São 220 locais apresentados em formato de cenário onde foram cometidos os crimes na Europa Central e Leste.

Na sala de memória e banco de dados, onde se encontram informações sobre memoriais, museus e monumentos diversos para sua pesquisa e leitura individual com sala de vídeos a partir de terminais com computadores em diversos idiomas.

Outras informações:

Horário de funcionamento:

Nas lápides externas aberto a visitação todos os dias.

Nas salas do subsolo: Das 10 às 19 horas.

Também, visitas podem ser guiadas através de áudio em diversas línguas.

Para saber mais, visite o site oficial do Memorial.

Dicas de hotéis em Berlim você encontra aqui na Booking.Com. 

Confira também:

Um obelisco espetacular chamado de Siegessãule com uma linda estátua dourada na sua ponta.

Confira como é subir a Torre de Televisão de Berlim com seus 368 metros de altura.

Agora, confira como é surpreendente visitar o subsolo da monumental Catedral de Berlim.

“Realizar sonhos é o nosso objetivo”

Viaje na Melhor Idade!

Mapa do Destino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *