Lisboa 12 (Medium) (2)

Lisboa: terra do poeta Luiz Vaz de Camões

Lisboa: terra do poeta Luiz Vaz de Camões

Fui pela primeira vez a Lisboa para entre outros pontos turísticos, conhecer um pouco da história do poeta Luís de Camões.

13-5-2008 07-56-28 (Medium)

Meu pai gostava de contar anedotas e causos de Camões.

Todo vez que meu Pai chegava em casa ao entardecer vindo do trabalho, apos o banho e o jantar, costumava sentar na calçada para contar historinha e fazer a gente rir. Eramos todos ainda muito pequenos. Entre seus contos, aparecia comédias de Camões, foram muitas e entre elas, jamais poderia esquecer: Certo dia, Camões ia passando no seu cavalo e o fazendeiro gritou de lá: Qual o melhor da galinha Camões? Ele respondeu em cima da bucha: O ovo. O tempo passou, um ano depois, ia lá Camões passando e o fazendeiro certo de pegar ele, gritou: com quê Camões? Ele respondeu instantaneamente: com sal.

Camões adorava viajar:

Descobri que Camões adorava viajar, ingressou no exército e embarcou para várias expedições pela África, Índia etc.

De volta para Lisboa de uma dessas viagens, trouxe na bagagem, os manuscritos do poema “Os Lusíadas”, consagrando-se como uma das obras mais importante da Literatura Portuguesa.

Camões deixou além de “Os Lusíadas”, um conjunto de poesias líricas e comédias que meu pai adorava contar para as crianças.

Praça Luiz Vaz de Camões:

Em Lisboa, não deixe ir conhecer a Praça Luiz Vaz de Camões, onde tem no centro da praça um espetacular monumento com sua estátua. É lindo. Fica ao lado da famosa Estátua de Fernando Pessoa, no bairro alto. É um lugar muito bacana para passear e até tirar fotos.

DSC03565 (Medium)

Luís Vaz de Camões morreu em Lisboa, Portugal, no dia 10 de Junho de 1580.

Faz tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *