Lago Balaton: o maior Lago de água doce da Europa Central

Lago Balaton:

O Lago Balaton, popularmente chamado de “Mar Húngaro”, é o maior de água doce da Europa Central, com um comprimento que passa dos 70 kms e uma largura que chega a alcançar 14 kms, o Lago Balaton é considerado a maior área de lazer dos Húngaros, uma vez que não possui costa marítima.

A viagem:

De Budapeste até o Lago Balaton são apenas 135 kms.  Chegamos lá de ônibus numa excursão que saiu de Budapeste logo após o café da manhã no hotel com destino a Viena. Foi uma viagem espetacular em função das belas imagens que o percurso oferece.

A Península de Tihany:

A principal parada em Balaton, foi na cidadezinha de Tihany, um encanto, beleza e pureza foi o que não faltou. Pena que foi só até o final da tarde.

Tihany, é uma península e nas partes mais altas a gente tem as imagens mais perfeitas do lago que proporcionam uma visão incrível de toda a região, razão por ser o mais famoso lugarejo de Balaton.

A Igreja:

Tivemos entrada gratuita para a igreja. Apesar da Abadia com o museu estarem fechados naquele dia, valeu entrar na igreja histórica, com seu interior ornado com lindos afrescos, tipo da igrejinha que você entra e não quer mais sair.

No seu interior encontra-se a cripta com os restos mortais de seu fundador, Andrew I da Hungria. Para chegar perto da cripta é só subir as escadarias do altar principal.

Como pode ver, subindo as escadas vai chegar na cripta de Andrew I

Artesanato local:

Andando a pé pelas suas ruas e pequenas avenidas comerciais, você verá como funciona o comercio do artesanato local e encontrar com facilidade todos os tipos de porcelanas, pratos, tigelas, xicaras, renda, bordados, palhas e uma infinidade de produtos em exposição nas varandas, muretas, portas e nos alpendres das residências e pequenas lojas.

Como vemos na foto, uma lojinha com seus produtos em exposição.

Como vemos, essa pequena rua é basicamente uma vitrine de produtos artesanato em exposição.

Hora do almoço:

O nome do restaurante só foi possível gravar porque tirei uma foto junto a placa de sua publicidade, os pratos servidos foram de excelentes qualidades.

Curiosidade:

Passeando pelas ruas e praças, encontramos o pequeno e florido cemitério local, uma preciosidade ao ar livre, nada de muros ou grades para proteção. Tudo a céu aberto e muito bem conservado, livre como uma praça para você passear e abençoar aqueles que já partiram.

Seguindo para Viena:

Chegamos em Viena ao entardecer e ainda deu tempo dar uma voltinha no centro e tirar algumas fotos das muitas estátuas que existem e decoram a cidade com muita histórias e lendas.

Confira também:

O Relógio Astronômico na cidade de Praga.

A Santa de Ouro na fachada da igreja de Týn

As estátuas de rua que fazem sucesso na capital da Eslováquia. 

Em Budapeste, o melhor mesmo foi o passeio de Barco no Rio Danúbio.

Realizar sonhos é o nosso principal objetivo.

Viaje na Melhor Idade!

Mapa do Destino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *