100 anos do Bondinho do Rio de Janeiro

Feliz aniversário Bondinho

100 anos do bondinho do Rio de Janeiro

Impossível não comemorar uma data tão importante como essa de hoje; os 100 anos do Bondinho que leva milhares de pessoas todos os dias ao topo do morro da Urca em 3 minutos e seguindo mais 3 minutos até o fabuloso e imponente Pão de Açúcar.

Chegamos cedo à bilheteria da praia vermelha, compramos nossos ingressos com 50% de descontos para a Melhor Idade, pagamos apenas 22 reais e iniciamos a subida ao bondinho até a 1ª parada, morro da Urca, onde ficamos um bom tempo contemplando as belezas do Rio e em especial, o próprio Bondinho, seu designer, sua engenharia e sua história.

De volta ao Bondinho, dessa vez com destino mais emocionante e para a parte mais alto, 450 metros, o Pão de Açúcar. É de tirar o fôlego mais esses 3 minutinhos até o cume do morro.

O bondinho atual é todo envidraçado o que dá direito a gente ver uma panorâmica de 360 graus. Tudo isso, vem desde 27 de Outubro de 1912 quando foi inaugurado o primeiro Bondinho, chamado de Teleférico e já nesse período foi visto pelo mundo inteiro como o mais espetacular passeio de teleférico do mundo. Daí pra cá, só charme, beleza, conforto e segurança transportando turistas do mundo inteiro.

Subindo e descendo num vai e vem de cada 20 minutos, cada bondinho tem capacidade de transportar até 65 pessoas. Nas alturas, um momento incrível é quando eles se cruzam, passando pertinho um do outro e também, na chegada ao cume da pedra, a sensação é que vamos de encontro à pedra e tudo não passa de uma sensação de medo, pois, a parada é de muita maciez e segurança.

Lá em cima, encontramos uma infraestrutura adequada e bem servida de serviços essenciais como restaurantes, lanchonetes, serviços de fotografias, banheiros e elevadores adaptados para todas as necessidades; ficamos mais tempo do que o programado no inicio do nosso tour, curtindo o vai e vem dos bondinhos, as belezas panorâmicas da cidade maravilhosa – Rio de Janeiro.

Algumas fotos desse maravilhoso passeio:

 

 

Um comentário em “100 anos do Bondinho do Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *